O POETA LUCAS VIRIATO RETOMA PROJETO LITERÁRIO SOBRE O ORIENTE

Edições reúnem 216 poemas de viagem.

 

Lançamento acontece dia 5 de dezembro com leitura dramatizada no bistrô folie à deux, no Rio de Janeiro.

Conhecido por seu trabalho à frente do jornal Plástico Bolha e pela curadoria e produção de eventos na área de literatura, o poeta Lucas Viriato lança dois volumes de sua própria produção autoral: Nepal Legal e Índia Derradeira. Os lançamentos, com selo da editora OrganoGrama Livros, fazem parte da retomada do projeto de escrita sobre o Oriente iniciado pelo autor há dez anos. Com leitura dramatizada, o lançamento acontece dia 5 de dezembro (terça-feira), às 18h30, no bistrô folie à deux, no Cosme Velho.

Professor de Literatura, Arte e Pensamento Contemporâneo na PUC-Rio e de Oficinas de Escrita na Escola Parque, Viriato possui dez livros publicados, entre poesias, contos e participação em antologias. Os lançamentos, Nepal Legal e Índia Derradeira, remetem à viagem do autor ao Oriente, realizada entre janeiro e abril de 2013. Compostos por 108 fragmentos de viagem, as edições seguem o caminho literário dos livros Memórias Indianas e Retorno ao Oriente, lançados por ele em 2007 e 2008, respectivamente. “Uma década depois, achei que eu havia amadurecido, minha escrita também, e era hora de voltar à Índia e ver que viagem eu contaria agora, que escrita de viagem surgiria sobre essas novas bases”, explica o autor. Nepal legal e Índia derradeira também serão lançados lado a lado dentro de uma caixa exclusiva, com edição limitada.

Em Nepal Legal o poeta fala de sua passagem pelo país, rumo à Índia, onde encara de frente as nuances arquitetônicas de Kathmandu e as amplitudes da cadeia dos Himalayas. Em toda a viagem, perigos o rondam: o abismo que o encara, as pegadas de felinos na neve, a possibilidade de um terremoto iminente, fazendo do livro um verdadeiro mapa de registros de um Nepal que já não existe mais, um Nepal soterrado, inalcançável a não ser pela via da poesia. A leitura é um convite para atravessar o país e subir os Himalayas junto com o autor: ela é trabalhosa, densa, arriscada, bela, e é dessa mistura incomum que os versos de Nepal Legal são feitos. O resultado do primeiro livro dessa sequência, a profunda imersão nessa viagem, não poderia ser outro: o autor alcança o ponto mais alto de sua produção até aqui.

Nepal Legal_Lucas Viriato

Índia Derradeira narra a continuação dessa viagem, A poética de Viriato, com fortes traços narrativos desde aquela primeira Índia, contempla experiências em um Oriente estranho e familiar, outro e si mesmo, através de uma escrita ágil e de intensa força poética, que se refina a cada livro, a cada poema, a cada novo espanto. Dos grandiosos templos religiosos aos menores detalhes e gestos da natureza e do homem, o autor constrói seus poemas, que compõem uma verdadeira viagem literária, continental, linguística, psicológica, antropológica e filosófica — sempre acompanhado de muito humor e do uso inventivo da linguagem.

SOBRE O AUTOR

Lucas Viriato é doutorando em Letras pela PUC-Rio, orientado por Marília Rothier Cardoso. Atualmente, leciona no curso de Literatura, Arte e Pensamento Contemporâneo da CCE PUC-Rio, e na Escola Parque. Desde 2006, edita o jornal literário impresso e virtual “Plástico Bolha”. É autor dos livros: “Memórias Indianas” (2007); “Retorno ao Oriente” (2008); “Contos de Mary Blaigdfield, a mulher que não queria falar sobre o Kentucky – e outras histórias” (2010); “Antologia de prosa Plástico Bolha” (2010)”; “Curtos e Curtíssimos” (2012); “Muestras” (2013); “Corpo Pouco” (2013); “Antologia de poesia Plástico Bolha” (2014); “Blue” (2015). Traduziu o livro “O estranho mundo de Jack” (2016), de Tim Burton, para a editora Cobogó. Participou de diversos eventos de poesia nacionais e internacionais. Tem atuação regular como curador e produtor. Em 2012, recebeu o Prêmio Agente Jovem de Cultura concedido pelo Ministério da Cultura do Brasil. Em 2015, foi curador da exposição “Poesia Agora”, que reuniu a obra de mais de 300 poetas no Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo. A exposição voltou, em 2017, dessa vez na Caixa Cultural de Salvador e do Rio de Janeiro. Participou da residência artística HOBRA, cooperação entre os governos de Holanda e Brasil para um intercâmbio artístico cultural, e recentemente foi selecionado para participar da antologia de poesia É agora como nunca, de Adriana Calcanhotto.

Livros publicados

 Memórias indianas. 1.ed. Rio de Janeiro: IbisLibris, 2007.
Retorno ao Oriente: 108 fragmentos de viagem. 1.ed. Rio de Janeiro: 7Letras, 2008.
Contos de Mary Blaigdfield, a mulher que não queria falar sobre o Kentucky (e outras histórias). 1.ed. Rio de Janeiro: 7Letras, 2010.
Antologia de prosa Plástico Bolha. 1.ed. Rio de Janeiro: Oito e meio, 2010.
Curtos e curtíssimos. 1.ed. Rio de Janeiro: edição do autor, 2012.
Muestras. 1.ed. Rio de Janeiro: OrganoGrama Livros, 2013.
Corpo pouco. 1.ed. Rio de Janeiro: edição do autor, 2013.
Antologia de poesia Plástico Bolha. 1.ed. Rio de Janeiro: OrganoGrama Livros, 2014.
Blue. 1.ed. Rio de Janeiro: edição do autor, 2015.
O estranho mundo de Jack (trad.). 1.ed. Rio de Janeiro: Cobogó, 2016.

FICHA TÉCNICA

 Nepal Legal
Lucas Viriato, 132 págs.
Ed. OrganoGrama Livros, 2017.
Preço R$ 54,00

Índia Derradeira
Lucas Viriato, 136 págs.
Ed. OrganoGrama Livros, 2017.
Preço R$ 54,00

 

Box: Nepal Legal e Índia Derradeira
Lucas Viriato, 268 págs.
Ed. OrganoGrama Livros, 2017.
Preço R$ 84,00

SERVIÇO

 

Lançamento de livros
Títulos: Nepal Legal e Índia Derradeira
Autor: Lucas Viriato
Dia: 5 de dezembro de 2017 (terça-feira)
Hora: 18h30 às 21h30
Local: folie à deux
End.: Rua Ererê, 11 C – Cosme Velho, Rio de Janeiro
Tel.: (21) 4108-1097

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *