Fabiana Karla exibe corpo mais enxuto em praia no Rio

20 kg mais magra, a humorista é a favor de não se preocupar com padrões estéticos

 Fabiana Karla aproveitou o final de semana de sol na cidade maravilhosa e desfilou um shape visivelmente mais enxuto na Prainha, na zona oeste do Rio.

Adepta de uma filosofia que incentiva as pessoas a aceitarem seus corpos da maneira que eles são, a atriz publicou fotos em suas redes sociais com mensagens de incentivo aos seguidores. “Curta a vida do seu jeito, com suas formas, sem se preocupar com padrões”.

Fabiana, que é mãe de 3 filhos, Laura, Beatriz e Samuel, emagreceu 20kg nos últimos seis meses com método Dietkal, também conhecido por VLCD (Very Low Calorie Diet), em que a ingestão de proteínas é de alto valor biológico e o aporte de carboidratos e gorduras é muito baixo, o que resulta numa perda de peso e manutenção bem mais eficientes que os outros métodos.

“Em um mês, eu perdi quase 11 quilos com a Dietkal e continuei dando prosseguimento, perdendo menos, devido as minhas viagens. É um método eficaz, brinco que é a dieta do astronauta”, diz, explicando que os produtos consumidos vem em saches em pó que transformam em alimentos como pães, bolos , pizzas, omeletes , iogurtes e etc. De acordo com Fabiana, o mais importante é manter a saúde e não apenas ficar mais magra.  “Não me vejo bonita se estou muito magra. Já tive 60 quilos, mas procurei emagrecer buscando equilíbrio e bem estar”, afirma a humorista que em breve iniciará as gravações para uma nova novela na Rede Globo.

Conhecida por seu trabalho social em Recife, a atriz esteve recentemente em Perúgia, na Itália, onde recebeu a Palma de Ouro de Assis e foi nomeada Embaixadora da Paz para o Brasil. O prêmio é oferecido pela Confederação Internacional dos Cavaleiros da Paz a pessoas que incentivam a promoção do diálogo e da paz e já foi entregue a Nelson Mandela, Michael Jackson e Andrea Bocelli.

“Esse título veio a coroar o meu desejo de ter uma fundação. Porém, também pode-se fazer de pouquinho em pouquinho, mesmo sem ter uma fundação… Eu vejo muitas pessoas no Brasil fazendo tantas coisas sem recursos. pessoas simples que alimentam famílias para ajudar, que prestam assistência a asilos, que alimentam animais mesmo tendo tão pouco para repartir. Isso me motiva sempre mais porque o brasileiro é um povo muito caridoso, um povo muito cheio de amor e é muito solidário…”.