ESPORTE

A história de Danilo, goleiro do Chapecoense, irá para as telas dos cinemas em uma homenagem do cantor Thiago di Melo

Conhecido por abordar temas com engajamento social em suas produções e  de produzir, roteirizar e dirigir seus clipes em formato de curtas-metragens, o cantor e compositor sertanejo Thiago di Melo fará um longa-metragem intitulado “Goleiro”, em homenagem ao atleta Marcos Danilo Padilha, do time de futebol Chapecoense, que teve sua história interrompida na tragédia aérea de 29 de novembro de 2016, após a queda do avião que levava o time para Medellín, na Colômbia, onde disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana.

 

O filme contará toda a trajetória do atleta, desde a infância do garoto humilde que se superou até o início de sua carreira como atleta profissional. “O roteiro prioriza a história de vida e superação e não a tragédia”, explica Thiago di Melo, que detém a autorização de imagem concedida pela família de Danilo, além de parceria firmada em contrato com a Associação Chapecoense de Futebol em março deste ano.

 

Em pesquisa de campo, o cantor sertanejo, que também dirigirá o longa, entrevistou familiares, amigos e jogadores para finalizar o roteiro. “Conhecer sua família e ver a estrutura em que ele foi criado me fez entender o motivo de ele ser tão querido. Pude vivenciar e me emocionar com o amor que ele tinha por seus pais, irmã, esposa e filho e conhecer histórias que engrandeceram ainda mais o projeto”, ressalta Thiago.

 

De autoria do cantor, a trilha sonora já está finalizada. A canção-tema do filme se chama “Menino Sonhador”. O longa-metragem será rodado nas cidades de Cianorte, no Paraná, e Chapecó, em Santa Catarina. As datas de filmagens e elenco estão em definição.
O filme abordará também a entrega e a dedicação, comuns à maioria dos jogadores de futebol do mundo e o caminho em busca do profissionalismo nesse esporte. “Escrevi uma linda história de amor e superação, que nos fará refletir sobre quem somos, e o que ainda vamos fazer na vida”, explica o roteirista e diretor. “Eu gostaria de agradecer ao time da Chapecoense, sobretudo ao presidente e à equipe de marketing pelo carinho e confiança e a família do Danilo que me recebeu tão bem. Esse filme será um legado em memória desse grande homem, um atleta que deve ser um exemplo para todos nós “, completa Thiago di Melo.

Dona Itaídes, mãe do Danilo, mandou um video para Thiago, agradecendo pela homenagem: ” Gostaria de agradecer a Deus por ter colocado você no nosso caminho e ter tido essa ideia maravilhosa de produzir esse filme sobre a vida do Danilo. É uma linda homenagem, abençoada por Deus e tem tudo para dar certo. Quando você me procurou dizendo que tinha um presente, não imagina que fosse algo tão especial. Esse filme vai realizar o nosso sonho e eternizar o nome do Danilo”

 

Biografia Thiago di Melo     

Com 16 anos de carreira, Thiago di Melo tem três CDs gravados e um DVD ao vivo. O trabalho mais recente é o álbum “Papo Sério”, lançado em 2015, que contou com as participações especiais da rainha da música sertaneja Roberta Miranda e da dupla Marcos e Belutti, com quem gravou o single que dá nome ao disco, que entrou no ranking das 100 canções mais tocadas no Brasil em 2015.

Também é um grande compositor, dono de mais de 300 canções, entre elas “Fica Comigo” (2011), em parceria com o grande produtor musical, cantor e compositor Michael Sullivan. Com a canção de sua autoria “Uai, Sô!”, escolhida como tema institucional da TV Globo Minas, Thiago di Melo despontou regionalmente em 2013, afirmando seu orgulho de ser mineiro: “Eu sou mineiro, eu sou desse lugar onde o povo gosta de viola caipira e o cheiro da rosa está na alma desse povo tão acolhedor”.

 

Sua aptidão e paixão como roteirista e diretor aflorou nas produções de dois curtas-metragens, “Pra Sempre – A História que Ninguém Contou” e “Desaparecidos – Minha Vida É Você”. No primeiro, o artista assinou o roteiro, a trilha sonora e a direção. Gravado em película de cinema nas cidades mineiras de Juatuba, Mateus Leme e Florestal, o vídeo de oito minutos conta a história de amor de um casal gay, vivida pelos atores Felipe Titto (Malhação) e Guilherme Acrizio, que soma mais de 1 milhão e 200 mil visualizações no YouTube e ganhou repercussão nacional na mídia e internet, sendo indicado a melhor clipe do ano pelo RioWF e pauta no Programa Encontro com Fátima Bernardes.

No segundo, “Desaparecidos – Minha Vida É Você”, também gravado em película e com 8 minutos de duração, foi lançado no final de 2016, o cantor abordou o tema de desaparecimento de crianças e adolescentes. Os protagonistas foram André Gonçalves e Danielle Winits. Gravado na cidade de Mateus Leme, em Minas Gerais, o vídeo que foi lançado com exclusividade no Vídeo Show já ultrapassou 1 milhão de visualizações no YouTube.