Conheça as famosas que se renderam a Lipoaspiração

Procedimento chega aos 38 anos como uma das cirurgias mais requisitadas no país

A Lipoaspiração, uma das cirurgias plásticas mais realizadas no país e queridinha de mulheres famosas como Anitta, Paolla Oliveira, Viviane Araújo entre outras está prestes a completar quase quatro décadas. Este ano, o procedimento chega aos 38 anos e milhares de mulheres se renderam à técnica, sendo que as celebritys até divulgam serem fãs da retirada de gordura de várias regiões do corpo, inclusive submetendo-se à cirurgia mais de uma vez no decorrer dos anos.

   Xuxa Meneghel, Giovanna Antonelli já admitiram em suas redes sociais que o procedimento é seguro e que não adianta malhar determinadas partes do corpo para retirar a gordura localizada: só a lipo resolve, alegam. No universo Hollywoodiano são incontáveis as atrizes que fizeram lipoaspiração, sendo que Demi Moore por várias vezes que emagreceu para interpretar personagens recorreu à cirurgia afim de afinar a cintura e reduzir medidas. Em um de seus papeis inesquecíveis no filme Striptease, onde interpretava uma dançarina e apresentava um corpo sarado, mas com índice muito pequeno de gordura, a atriz confidenciou: “Eu fiz muita musculação para o filme e precisei de uma lipoaspiração para retirada de gorduras em várias partes do corpo. Fiquei muito bem e foi uma das minhas primeiras cirurgias. O resultado foi excelente e desde esta época, há quase 20 anos, sempre que preciso não tenho nenhum problema em recorrer ao procedimento”.

   Paolla Oliveira, por exemplo, por não gostar de suas coxas, resolveu fazer uma lipoaspiração nas pernas. O procedimento é ideal para quem se incomoda com as pernas grossas e não consegue nenhum resultado com exercícios físicos. Além disso, também pode ajudar para quem sofre com assaduras.

A atriz e rainha de bateria do Salgueiro Viviane Araújo fez uma lipo nos braços e nas costas para modelar o corpo. Esse tipo de procedimento geralmente traz um resultado mais sutil sendo ideal para quem quer retirar aquelas gordurinhas que ficam entre a axila e o braço.

Não é segredo que a cantora Anitta já fez várias intervenções estéticas, que vão desde rinoplastia até prótese de silicone. Mas ela também se submeteu a lipoaspiração no culote e na barriga para ajudar a eliminar as ondulações acumuladas na parte externa da perna, na região entre os glúteos e nas coxas.

    De acordo com a cirurgiã plástica Juliana Rizzatti, Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a lipoaspiração é um procedimento que retira gordura sob a pele através de cânulas por aspiração. “Ela atua removendo os depósitos de gordura excedentes que se acumulam em locais mais comuns do corpo, como cintura, costas e culotes”, esclarece a médica.

De acordo com dados recentes da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, do total de cirurgias no Brasil (1.472. 435 em 2016), 57% são de procedimentos estéticos e eletivos e a lipoaspiração está em primeiro lugar.

Indicado unicamente para a retirada de gordura localizada, a lipo, que completa 38 anos desde o primeiro procedimento realizado no Brasil, não é uma técnica de emagrecimento. De acordo com Juliana Rizzatti, pessoas muito acima do peso não são candidatos ideais.  “O paciente precisa emagrecer o que for necessário com dieta e exercícios físicos e só depois se submeter ao procedimento para retirar os excessos”, diz.

Os cuidados no pré-operatório são basicamente os relacionados a qualquer cirurgia. De acordo com Juliana Rizzati, o primeiro de todos é procurar um profissional reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. “É fundamental que o médico tenha formação e que seja especialista em cirurgia plástica. Feito isso, é indicada uma avaliação de exames que vão desde testes do coração até a existência de alguma doença. O uso de medicação, álcool, cigarro devem ser relatados, além de alergias e cirurgias realizadas” explica.

 

Recuperação

A recuperação deve ser feita seguindo todas as orientações médicas. Esta fase é tão importante que se não for feita corretamente pode impactar diretamente no resultado da cirurgia. “Na maior parte das vezes a pessoa pode voltar ao trabalho após 15 dias da cirurgia e fazer exercícios em aproximadamente 30 dias” finaliza a médica.

Serviço:

Clínica de Cirurgia Plástica Juliana Rizzatti

Endereço: Le Monde Office – Avenida das Américas, 3500 Toronto 3000 – Sala 505 – Barra da Tijuca  

Telefone: 3282-5222

Sitewww.julianarizzatti.com.br