Cirque Du Soleil faz première para convidados vips no Rio

O espetáculo AMALUNA que enaltece a força e o empoderamento da mulher estreia dia 28 de dezembro, no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, RJ

 Na noite de quarta-feira, dia 27 de dezembro, foi realizada uma sessão para convidados do Cirque Du Soleil, no Parque Olímpico na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Após quatro anos, o Cirque du Soleil está de volta ao Brasil com uma nova superprodução, AMALUÑA.  O espetáculo, que enaltece a força e o empoderamento das mulheres, estreia para o público na quinta-feira, dia 28 de dezembro. A temporada vai até 21 de janeiro.

O local possui estacionamento. E, os ingressos podem ser comprados pelo site:  www.tudus.com.br

No hall de entrada, do Cirque Du Soleil, o público poderá adquirir diversos souvenirs e também posar para fotos em cenários criados para este fim.

AMALUÑA

AMALUÑA leva o público a uma misteriosa ilha governada por Deusas e guiada pelos ciclos da lua. Para marcar a passagem de sua filha Miranda à idade adulta,  rainha Prospera comanda uma cerimônia que homenageia a feminilidade, a renovação, o renascimento e o equilíbrio, e marca a passagem dessas ideias e valores de uma geração a outra. E, após uma   tempestade   causada   por   prospera, um   grupo   de   jovens   aporta   na   ilha, desencadeando uma história épica e emocional de amor entre a filha de Prospera e um bravo jovem. Mas o amor deles será posto à prova. E, o casal passa a enfrentar inúmeras provações.

Também habitam o mundo de AMALUÑA uma legião de incontroláveis personagens meio-humanos, meio-animais, livremente inspirados no universo shakespeariano de A Tempestade. Lagartos, pavões e fadas povoam o mesmo espaço.

O nome AMALUÑA é uma fusão das palavras ama, que se refere a “mãe” em muitas línguas, e luna, que significa “lua”; um símbolo de feminilidade que evoca tanto a relação mãe-filha quanto a ideia de deusa e protetora do planeta. É também o nome da misteriosa ilha, que é o cenário, onde esta história mágica se desenrola.

Desde sua estreia em Montreal,  em 2012, o espetáculo já passou por 30 cidades, 10 países, e foi visto por mais de 4 milhões de espectadores.

Fotos GRAÇA PAES/ZAPP NEWS   

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.