Jay Vaquer volta ao Imperator e apresenta repertório teste para compor seu próximo DVD

O compositor e cantor carioca Jay Vaquer retorna ao palco do Imperator dia 06 de outubro para o seu novo show, “No sinal, o espetáculo vai começar”, no qual começa a testar o repertório que fará parte de seu próximo DVD “Still alive in Brazil (Can u believe this shit?!)”.

Na apresentação, além de muitas novidades, todas as músicas mais pedidas pelo seu público estarão presentes. Um show com muito rock n roll que promete incendiar a pista mais uma vez.

Jay traz na bagagem 17 anos de carreira, nove álbuns (sendo sete de estúdio e seis autorais), um CD/DVD gravado ao vivo e reconhecimento do público.  Seu CD “Umbigobunker!?” recebeu indicação como o disco mais bem produzido do ano e “Canções de Exílio” foi indicado como o melhor álbum de rock no Grammy Latino.  Seu novo DVD será gravado em 2018, 10 anos após a gravação do “Alive in Brazil”.

 

Serviço:

JAY VAQUER – “No sinal, o espetáculo vai começar”

06 de outubro de 2017

Sexta-feira – 22h

Abertura da casa: 1h antes do evento

Local: Teatro

Pista: R$ 50 (inteira) / R$ 25 (meia)

Classificação: 16 anos

 

Histórico:

 

Jay Vaquer tem a cara de seu tempo. Não é apenas um cantor de Pop Rock.  É um artista que interage com seu público, mantendo uma relação próxima com os fãs.  Destaca-se na Internet, onde no Facebook possui atividade intensa de seus seguidores que o mencionam constantemente nas páginas de seus grupos e em seus perfis pessoais, que faz questão de administrar pessoalmente para manter a proximidade.  No Twitter, seu perfil figurou no Top 30 da lista “melhores do mundo”, além de ter chegado também ao 12º lugar na lista dos brasileiros mais influentes.  O artista conta com mais de 2.000.000 de execuções de suas músicas no Last.FM, além do MySpace que chegou no Top 10 dos artistas de Pop, Rock e música alternativa mais visitados.

 

Traz na bagagem 17 anos de carreira e reconhecimento do público.  Em 2009 lançou um DVD (também editado em CD) ao vivo, de show gravado no Vivo Rio para um público de quatro mil pessoas.  Em 2011 lançou seu 6º CD – “Umbigobunker!?” – produzido pelo premiado Moogie Canázio, que teve a participação especial de Maria Gadú na canção “Do Nada, me Jogaram aos Leões”.  O trabalho foi indicado ao Grammy Latino 2012 como um dos discos mais bem produzidos do ano, em toda a América Latina.  Em 2013 lançou um álbum inaugurando a série “Transversões”, onde irá abordar o trabalho de outros compositores, registrando esse exercício em CDs.  O primeiro volume, intitulado “Antes da Chuva Chegar”, traz canções de Guilherme Arantes.  O CD “Canções de Exílio”, de 2016, foi indicado ao Grammy Latino como melhor produção da América Latina e melhor disco de rock em língua portuguesa.

Fã de arte contemporânea e de cinema, Jay também acompanha de perto a direção de seus clipes, que atingiram (todos) o primeiro lugar na programação da MTV – graças à votação do público – e que foram indicados ao VMB ou ao Prêmio Multishow.

Jay Vaquer vem arrebanhando, nesses 17 anos de carreira, uma verdadeira legião de fãs, que o acompanham na estrada e o alçam a uma espécie de porta-voz da juventude dos anos 2000.  “Autêntico e original, um gênio da composição, do palco da letra e da melodia, Jay Vaquer vem renovando o pop rock brasileiro.” (Marcos Maynard – ex-presidente da EMI Music).

O artista carrega e imprime em seus trabalhos influências tão diversas quanto Peter Gabriel e Chico Buarque, Paul McCartney e The Cure.  É sua a charmosa versão de “Boys don’t Cry”, que foi tema da novela Tempos Modernos da Rede Globo e faz sucesso nas rádios cariocas.  A versão, que conta com arranjo do próprio Vaquer, surpreende pela forma harmoniosa e melódica com que veste o hit da banda punk Inglesa.

Filho de músicos, Jay Vaquer trabalha com música desde a infância.  Lançou o primeiro CD em 2000 (Nem Tão São).

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *