Banco do Brasil apresenta e patrocina MADRUGADA NO CENTRO

 

O CCBB-RJ volta a receber as animadas festas temáticas com DJs, shows e intervenções na sua área externa.

A nova temporada abre dia 11 de outubro com a Festa Sotaque Carregado com DJ MAM, e show de Felipe Cordeiro com participação especial de Dona Onete, além do Carimbloco.

Evento comemora aniversário de 28 anos do CCBB-RJ, com viradão da mostra “Erwin Wurm – O Corpo e a Casa” e ingressos a preços populares.

 O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB-RJ) promove mais uma edição do projeto “Madrugada no Centro”. O evento, que tradicionalmente ocorre na área externa do CCBB, receberá cinco festas ao todo, sendo uma por mês, e mistura DJs conhecidos do grande público e artistas convidados, compondo um ‘setlist’ temático para cada edição.

O primeiro evento será no dia 11 de outubro, com a festa Sotaque Carregado, conduzido pelo DJ MAM, apresentação do Carimbloco e show de Felipe Cordeiro com participação especial de Dona Onete. A noite comemora o aniversário de 28 anos do Centro Cultural Banco do Brasil com um viradão da exposição “Erwin Wurm – O Corpo e a Casa”. Ou seja, quem for à festa poderá visitar a exposição no CCBB, que ficará aberta das 9h do dia 11 de outubro até as 21h do dia seguinte.

As próximas festas acontecem nos dias 18 de novembro (Consciência Negra), 16 de dezembro (Diversidade), 6 de janeiro (Pré-Carnaval) e 24 de fevereiro (com o tema África Contemporânea). Realizado desde 2013, o projeto mantém a tradição de resgatar a vida noturna e musical do Centro do Rio, em linha com o movimento de revitalização da região. “Madrugada no Centro” é um convite para uma viagem à musicalidade carioca.

SOBRE A EXPOSIÇÃO “ERWIN WURM – O CORPO E A CASA”

O artista austríaco Erwin Wurm produz um deslocamento de elementos do cotidiano para o campo da arte, reconfigurando objetos familiares como casas, carros, roupas e alimentos para um contexto inesperado, engraçado e ao mesmo tempo crítico em relação à sociedade contemporânea. Em suas obras, elementos inanimados ganham vida orgânica – uma residência obesa, um vaso sanitário magro, uma salsicha cheia de personalidade, um carro acima do peso. A exposição apresenta uma série de trabalhos que discute o corpo humano não apenas a partir do físico, mas também de suas camadas psicológicas e espirituais. Curadoria: Marcello Dantas.

 

PROGRAMAÇÃO

11 de outubro– Aniversário do CCBB
DJ Mam e Sotaque Carregado

No dia em que o CCBB-RJ celebra 28 anos, DJ MAM comemora também 15 anos de carreira e 10 anos do projeto Sotaque Carregado. Essa festa de aniversário coletiva será embalada pela energia esfuziante do carimbó. Nessa noite especial, DJ Mam lança seu novo álbum single “Jamburana Remix”, com direito a participação dos carimbozeiros futuristas em pernas de pau. DJ Mam lançou o primeiro disco “Brazilian Lounge”, pela Sony Music, em 2002. De produtor musical, lançou-se como compositor e cantor. Sua pesquisa de sons brasileiros deu origem ao primeiro álbum autoral, o Sotaque Carregado, e seu remix, o Sotaque ReCarregado.Em 2007, criou o slogan ‘Ser chique é ter Sotaque Carregado’. Desde então vem subindo ao palco com artistas como Gaby Amarantos, Trio Manari, DJ Waldo Squash.

Link: http://www.sotaquecarregado.com.br/

Carimbloco
Regido pelo percussionista, cantor e compositor paraense Silvan Galvão, intitulado Mestre pela região do Tapajós, o Carimbloco agrega músicos e dançarinos numa grande brincadeira que gira em torno do carnaval de rua carioca e da cultura popular amazônica. No repertório, o carro chefe é o carimbó, mas também entram outros ritmos como toadas de boi e lambadas do Pará. A parede percussiva traz instrumentos típicos: curimbós, maracas e caixas de marabaixo. Flautas, clarinetes e coro de vozes dão conta das melodias. Dançarinos e dançarinas rodam a saia, pisam o chão e sacodem os chapéus, guiados pelos bailarinos do grupo Paideguará.

Show de Felipe Cordeiro, com participação especial de Dona Onete

Um dos nomes de ponta da nova e agitada cena musical de Belém,o cantor, compositor e guitarrista traz ao CCBB o seu brega cult paraense. Numa mistura irreverente e suingada, Felipe Cordeiro une o brega, a lambada, o carimbó e a guitarrada do Pará, reggae, surf music e cúmbia do Caribe com a estética da vanguarda paulistana.

Dona Onete: Ela tinha fama de cantar para os botos desde menina, na região do Marajó. Professora, teve que esconder suas composições do primeiro marido, que era ciumento. Foi secretária de Cultura do Município de Igarapé-Miri, separou-se, casou-se novamente, ficou viúva e se aposentou. Um dia foi dar uma canja numa banda em Belém e, descoberta pelo Coletivo Rádio Cipó, começou a se apresentar com o grupo. A parceria fez com que Dona Onete ficasse conhecida entre o público jovem. Ela lançou seu primeiro CD, Feitiço Caboclo, em 2012, aos 72 anos, com muito carimbó, lambada, guitarrada e doses generosas de bolero. Hoje, aos 77, está no auge da carreira, colhendo os frutos de “Banzeiro”, seu mais novo álbum, repleto de boleros, carimbós e bangüês. Com turnês por todo Brasil, shows nos EUA e na Europa, música em novela da Globo, ninguém segura Dona Onete.

 

PRÓXIMAS FESTAS:

 18 de novembro: Comemoração ao Dia da Consciência Negra

 16 de dezembro: Especial Diversidade

6 de janeiro: Pré-Carnaval

 24 de fevereiro: Edição especial África Contemporânea

 

CURADORIA e PRODUÇÃO: PAITA PRODUÇÕES ARTÍSTICAS

 

SERVIÇO:

 MADRUGADA NO CENTRO

Ingressos: 20,00 (inteira) e 10,00 (meia)

Vendas: Bilheteria do CCBB, de 9hàs 21h, e através do site www.eventim.com.br
Horário: 
22h às 4h

Espaço sujeito à lotação

End.: Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro
Tel.: 
(21) 3808-2000
Programação completa: 
www.facebook.com/madrugadanocentro

Classificação etária: 18 anos

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *