17/3 – Parque Das Ruínas – Banca de Livros comemora o Mês da Mulher

Banca de Livros comemora o Mês da Mulher com “Literatura e Diversidade”, no Parque das Ruínas, Santa Teresa, RJ

No Mês da Mulher, o projeto Banca de Livros promove “Literatura e Diversidade”, bate-papo literário, dia 17/3, sábado, às 14h no Parque das Ruínas, em Santa Teresa. Realização da Alternativa Cultura. Entrada franca.

Para o evento foram convidados 4 escritores de diferentes correntes literárias: Carol Dall Farras, Elisa Ottoni, Letícia Brito e Marco Simas. A mediação será de Natália Natalino.

O encontro pretende proporcionar um espaço para a troca de experiências entre os participantes. Além disso, apresentar ao público o trabalho dos escritores.

PARTICIPANTES:

Carol Dall Farras

É estudante de Geografia pela UFRJ, slammer e rapper. Nascida e criada em Duque de Caxias, suas letras podem ser consideradas denúncias dos descasos vividos pela população preta, pobre e periférica. Vencedora da 1ª edição do Slam das Minas RJ, dentre outros.

Foto Elisa Ottoni

Elisa Ottoni
É contadora de histórias e escritora. Lançou em 2017, pelo Clube dos Autores, seu primeiro livro de crônicas poéticas: “Despertador”. Elisa escreve sobre o despertar feminino em meio à vida bruta das cidades. Estudante de Artes Cênicas pela Unirio e mediadora do projeto Banca de Livros, palavra e palco se confundem e a busca da poeta se relaciona com encontrar um corpo em movimento para a poesia.

 


Letícia Brito

Dedica-se à poesia falada (spoken word/ poetry slam) e às micro revoluções político-sociais onde a poesia incinera, afaga, afeta e transforma. Lançou o livro “Senário”, com produção independente e também o livreto “Da lama ao slam”. Lançou também o disco de spoken “Senário ou Paralelepípedo Poético Para Quebrar Vidraças Literárias”.

Como produtora da cena carioca de slam e sarau já fez: Mulherau, Pizzarau, Batalha da Pizza, Tagarela e atualmente integra a produção e realização do Slam das Minas RJ.

Em 2017, representou o Brasil no Rio Poetry Slam, que acontece na Festa Literária das Periferias (Flup) e reuniu 12 poetas competidores de diferentes países. Integra também as antologias “on dystopia”, organizada por Porsha e “on sisterhood”, organizada por Melissa Lozada, com poemas em português e inglês.

Foto Marco Simas

Marco Simas

Cineasta, escritor e roteirista. Mineiro de Nepomuceno, radicado há muitos anos no Rio de Janeiro. Sempre ligado ao cinema, como roteirista e diretor, realizou vários filmes de curta-metragem, entre eles, os premiados “Um dia, Maria”, “Solo do Coração” e “Com o andar de Robert Taylor”. É ainda autor dos livros “Barbara não quer perdão”, “Último Trem” e “Aqui Estamos Nós – Identidade”. Aborda, em seus livros, questões como marginalização, violência, preconceito e adversidades.

SERVIÇO

Bate-papo: “Literatura e Diversidade” 

DIA 17 de março, sábado, às 14h

LOCAL: Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas

ENDEREÇORua Murtinho Nobre, 169 – Santa Teresa, Rio de Janeiro – RJ

TELEFONE:  (21) 2215-0621/ 2229-3922

ENTRADA FRANCA

CLASSIFICAÇÃO: livre

BANCA DE LIVROS
www.bancadelivros.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.