BUSINESS E NEGÓCIOS NOTÍCIAS 

Vendas para órgãos públicos: Como aumentar o faturamento da empresa em pouco tempo

 

 

 

Descubra métodos para ofertar produtos e serviços de forma mais assertiva através de licitações

 

Foto: Rodolpho dos Anjos – Empresário e especialista em Licitação

Quem nunca ouviu falar em pregão, licitação e outros termos que parecem difíceis e nunca ficou na dúvida de como funcionava? Estou aqui para tirar algumas dúvidas e trazer soluções que podem mudar a sua vida e a dos seus negócios, e o melhor de tudo, pode ser que as mudanças venham em curto tempo, e não, não se trata de simpatia ou algo assim, se trata de um mercado que vem crescendo bastante nos últimos tempos e muita gente vem perdendo dinheiro por falta de conhecimento.

Para começar, as licitações são seguras e transparentes para ambas as partes, tanto para quem vende, quanto para quem compra, e toda cidade precisa comprar produtos e contratar mão de obra para órgãos públicos como escolas, hospitais, parques e muito mais. Pensando dessa forma, já podemos começar fazendo uma avaliação aqui, pare tudo agora e pense, na sua empresa, o que você poderia vender para a sua cidade? Se não são produtos, que serviços você poderia oferecer?

Pensou? Então, esse é o primeiro passo. Hoje, o governo é um excelente cliente para a sua carteira, porque anualmente são destinados mais de R$100 bilhões para as licitações, e diariamente acontecem em média 4 mil licitações pelo país, e algumas, finalizam sem ao menos uma proposta enviada. Ou seja, muitas empresas estão perdendo a oportunidade de aumentar os ganhos.
As licitações são acessíveis a todos, desde a pessoa física a grandes empresas, e tudo acontece de forma online. Para facilitar ainda mais, hoje temos um sistema – o Siga Pregão, que monitora tudo e manda um alerta com as novidades que mais se encaixam com o perfil da nossa empresa, e para isso, criamos um filtro, que é um poderoso aliado. O que eu posso garantir é que há oportunidade para todo mundo, um dos casos que eu gosto de comentar com os meus alunos, é que até colher já vendemos graças aos alertas do Siga Pregão.
Abaixo, deixarei seis dicas que você precisa se atentar para realizar vendas assertivas:
Documentação
Uma das dúvidas frequentes nas minhas redes sociais é sobre a documentação. Para isso, trago boas notícias, se você quer vender como autônomo, apenas com o CPF é possível. Mas, se você é MEI, dono de médias e grandes empresas, também poderá vender seus produtos e serviços, e a documentação básica que a sua empresa possui é o suficiente para o credenciamento.
Vantagens para pequenas empresas
Esse é outro assunto que eu sempre gosto de ressaltar. As empresas pequenas possuem uma série de vantagens quando estão concorrendo com as grandes, um dos maiores benefícios é que os governos sempre priorizam os microempresários, o motivo, é que eles são os que mais movimentam a economia local.
Facilidade nas vendas
Hoje podemos dizer que vivemos em um dos melhores cenários, podemos vender para várias empresas ao mesmo tempo e o melhor, de casa, sem ter que sair do seu conforto e bater de porta em porta, gastar com passagens aéreas ou transportes para longas distâncias. Todos os processos para credenciar sua empresa para as licitações acontecem de forma online.
Esse avanço trouxe vários benefícios, pois antes era presencial, e esse método abria margem para corrupção, e muita gente ainda associa licitações com algo ilícito, e não é, tudo acontece de forma bem transparente no meio digital. Se você parar para analisar, quando você se depara com corrupção em licitações, pode ter certeza de que essa licitação aconteceu de uma forma presencial.
Vender mesmo se você não tem estoque
Sim, você pode iniciar suas vendas sem ao menos ter um estoque, temos aqui mais uma vantagem. Toda vez que você fechar uma venda, você tem um prazo para cumprir a sua entrega, que pode ir de 15 a 30 dias, e esse é o tempo que seu fornecedor tem para entregar a mercadoria no seu endereço. Sendo assim, se você se organizar, essa é uma vantagem que pode ser um divisor de águas para a sua empresa.
Siga Pregão
O Siga Pregão é a sua ferramenta amiga para todas as horas. Falo isso, não apenas pelos alertas que ela vai mandar quando os órgãos lançarem a abertura das licitações, mas é um sistema que veio para somar com muitas empresas, principalmente com as pequenas e médias. Tudo, porque ela funciona como se fosse um time empresarial, todo dia teríamos que ter uma pessoa apenas para olhar as oportunidades que aparecem no mercado, teríamos também que ter um analista de licitação para analisar o edital, identificar fornecedores, identificar os concorrentes, preço médio de mercado, e sem contar o campo jurídico, que muitas vezes essa empresa que está começando, ainda não tem recursos para investir nessas funções, e o Siga Pregão faz tudo isso de forma automática, e ainda disponibiliza mais de 200 mil modelos de impugnação, recursos e esclarecimentos para somar na jornada empreendedora.
A ferramenta funciona como uma assinatura, mas o valor é justo e acessível, levando em conta que será um caminho mais rápido para as suas vendas.
Estude os editais e as necessidades de cada comprador
Deixei esse item por último, mas assim como os tópicos acima, ele é uma peça fundamental para uma venda de sucesso. Sempre gosto de deixar bem claro para os meus alunos que entender o processo também faz parte de uma venda de sucesso.
Quando a gente fala de vendas para o governo é muito comum ter várias empresas que estão se aventurando, empresas que não sabem o que estão fazendo, que não sabem fazer uma composição de preços, elas não fazem análise de mercado, elas não estudam os editais, os órgãos, e para conseguir vender os produtos e ter uma margem de lucro boa, você precisa ter essas informações.
Muitas das vezes as pessoas afundam o preço, eles jogam o que eu chamo de “jogo do preço”. Mas você precisa vender o produto mais adequado, ou prestar o melhor serviço possível dentro do que o órgão está querendo comprar, nem sendo inferior, e nem superior. Se você vende um produto inferior ou serviço, você será desclassificado, assim como o superior, o seu preço tende a ser maior do que aquela empresa que vende exatamente aquele produto.
Tudo o que passei acima são resultados dos meus 17 anos de experiência. Hoje, tenho uma empresa que fatura mais de R$35 milhões de reais somente vendendo para o governo e ajudo outras empresas a fecharem mais de 1 bilhão de reais em contratos, espero que as dicas ajudem muita gente a aumentar seus ganhos e realizar sonhos, de serem empreendedores de sucesso.

Related posts